Estudos Históricos Europeus e Africanos

duração: 4 semestres
120 ECTS (108 obrigatórios e 12 optativos em UCS; )
data de acreditação: 18/03/2014
prazo de acreditação(anos): 6
Cód. Par Estabelecimento/DGES: 0604/M751

Apresentação

O programa está desenhado para acomodar uma variedade de interesses e  carreiras, incluindo os de estudantes que pretendam prosseguir uma carreira académica formal no domínio da História. O Programa, com um pendor marcadamente “historical research oriented”,  visa formar gerações de historiadores com uma base sólida dos métodos, técnicas e perspectivas da História Comparativa e Transnacional e com um conhecimento avançado da História das Sociedades Europeias e Africanas e das suas conexões  durante o longo Século XX, conhecimentos e ferramentas que permitam desenvolver investigação histórica independente e os torne aptos a prosseguir a profissionalização (formação académica). A Europa Atlasiana, a África Austral, Lusófona e Cristianizada,  e o “Mundo Atlântico”   constituem a ampla base espacial para explorar questões acerca das similitudes e diferenças, assim como das profundas conexões e laços, transferências e fluxos, incluindo o exame das múltiplas heranças na formação da Europa e da África Contemporâneas. No processo formativo e, em particular, na preparação das Dissertações, os estudantes são integrados em Centros de Investigação de excelência da Universidade de Évora, nomeadamente no CICP - Centro de Investigação em Ciência Política, no CIDEHUS - Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades ou no IHC - Instituto de História Contemporânea (IIFA)

Saídas Profissionais

Carreira Académica de Historiador, Ensino da História, Serviços de Diplomacia e Relações Internacionais. Ao completar a formação os estudantes podem encontrar emprego na área de ensino do espaço lusófono, na investigação e na prossecução de estudos posgraduados (doutoramento). Os mestrandos adquirem um conhecimento profundo de vários tipos de questões relacionadas com a dinâmica e conexões das sociedades europeias e africanas e as necessárias competências e capacidades para poderem ser organizadores e participantes do diálogo Europa-África. O curso, além da conexão transnacional de jovens historiadores especializados, ambiciona ser um instrumento de renovação das práticas pedagógicas (professores) e proporcionar formação histórica especializada a outros profissionais em áreas como as dos media, carreira diplomática e relações internacionais. Neste processo de formação de uma profissão para o mundo globalizado, os estudantes beneficiam da nossa integração institucional em duas redes de formação e investigação: A rede internacional de formação posgraduada ESTER [ European Graduate School for Training in Economic and Social Historical Research] e a rede temática TCHSA-NET [Transnational and Comparative History on Southern Africa Network] , está última sedeada no CICP.UÉ.

Adjunto(s)

Francisco António Lourenço Vaz
Paulo Guimarães

Gestor Académico

Vitória dos Anjos Bonito Guiomar

Teses Concluídas

Clique aqui.